Samuca e a Selva

f Share

19 de agosto

Abertura da casa: 20:30 H

Horário do show: 23:59 H


Ingresso antecipado: R$ 25

Ingresso na porta: R$ 60


Ingresso na porta - estudante: R$ 30

Vem ai pra balançar nosso Galpão: Samuca e a Selva!

Samuca_e_a_Selva_Foto_Milena_Seta_01

 

Um pouco sobre eles:
Samuca e a Selva é uma big band que é fruto da união entre o jovem cantor e compositor Samuel Samuca a um grupo do qual fazem parte 9 dos mais promissores músicos de São Paulo, mais especificamente do ABC paulista: Victor Fão, Bio Bonato, Fabio Prior, Marcos Mauricio e Guilherme Nakata, da Nomade Orquestra; Thiago Buda ex membro e um dos fundadores do Bixiga 70; Felipe Pippeta, da OBMJ além de Allan Spirandelli e Kiko Bonato, do Ba-boom.

Juntos desde 2014, o grupo vêm aos poucos conquistando público e critica por onde tem passado com um trabalho cada vez mais consistente. Produzido pelo tecladista Marcos Mauricio, seu álbum de estreia “Madurar” foi lançado em Setembro de 2016 pela YB Music e contou com participações de grandes nomes como Thiago França, do Metá Metá e Maurício Fleury, do Bixiga 70. Nele a banda traz 12 canções autorais que conduzem os ouvintes a um mergulho profundo em seu universo plural, que mistura com respeito ritmos da música popular brasileira, como o baião e o ijexá, à clara influencia de gêneros universais como o jazz, a salsa, o soul e o afrobeat. Tudo isso traduzido em canções acessíveis, crônicas poéticas do cotidiano.

Em cerca de 1h40 de show, o coletivo se apresenta com grande carisma e intensidade, propondo uma experiência altamente imersiva e dançante a qualquer platéia. Sintam-se livres e sejam muito bem vindos à Selva!

 

 

Samuca e a Selva lança o Albúm :Madurar

SamucaeaSelva_Madurar_CAPA_DISCO

Desde 2014 juntos, o coletivo encontrou na diversidade um lugar comum, seu ecossistema. Samuca trouxe um compilado de canções que já queria trabalhar e que foram muito bem aceitas pelo grupo. Outras surgiram nos encontros e parcerias entre os membros. O resultado disso, após dois anos desse processo, entre ensaios, shows calorosos e um rápido crescimento é o primeiro álbum da banda, batizado de “Madurar”.

Trata-se de um disco solar que traz canções passionais, filosóficas e muito balanço. Produzido pelo tecladista do grupo Marcos Mauricio, Madurar é um disco onde Samuca e a Selva assumem esse seu processo de maturação com honestidade, personalidade e muito vigor. Mas o que mais chama a atenção do ouvinte é a diversidade com que a proposta foi trabalhada: ao longo das 12 faixas do disco a banda faz um passeio por gêneros clássicos da música popular brasileira, como o baião e o ijexá, e vai mais além, promovendo o encontro das “coisas daqui” com a influência clara que trazem do jazz, do soul, do afrobeat e da música latina. É muito dançante e multicultural.

Primeira música de trabalho e que abre o CD após a elegante introdução “Vai”, “Madurar” é talvez a mais filosófica e espiritualizada música do grupo. Otimista, a canção que foi também single do disco homônimo e ganhou clipe (produzido pelo próprio coletivo) se refere ao tempo como remédio para angústia e catalisador para o amadurecer da árvore do amor, para a plenitude. Nela estão presentes todos os elementos do ataque sonoro do grupo – a canção forte, o groove com claves clássicas da influência do afrobeat, o protagonismo dos metais, a forte pegada MPBística, tudo construído em camadas próprias para uma reflexão mais dançante.

Bem-vindo à Selva.

☛ SERVIÇO
Sábado, 19 de agosto.
– Abertura da casa às 20h30
* Aceitamos os cartões VISA e MASTER (apenas débito)
*Estacionamento em frente ao Galpão – valor único R$ 10,00

☛ MAIS INFORMAÇÕES
Facebook.com/nossogalpao
Instagram: @galpaobuscavida

Pontos de Venda

Bragança Paulista:

Galpão Busca Vida

Restaurante Fresco

Chocolatti Nicolatti

Kallahary

Chilli Beans Bragança Paulista

Atibaia:

Loja 775

Piracaia:

Posto Gas One