Mariana Aydar convida Felipe Cordeiro 17º Festival Arte Serrinha

f Share

28 de julho

Abertura da casa: 20:30 H

Horário do show: 23:59 H


Ingresso antecipado: R$ 25

Ingresso na porta: R$ 50,00


Ingresso na porta - estudante: R$ 25,00

E para encerrar mais um Festival, temos o prazer de receber em nosso palco: Mariana Aydar, que convida Felipe Cordeiro!

A cantora e compositora, Mariana Aydar, nascida na capital paulistana, sente o sangue nordestino ferver em suas veias. A paixão nasceu na infância no colo do “Mestre Lua” (Luiz Gonzaga), percorreu a adolescência pela Bahia e carnavais na pipoca, backing vocal de Daniela Mercury, passando pelos palcos das casas de forró, quando liderava sua banda Caruá. Ela sempre esteve em meio a xotes, sambas reggae e xaxados.
Nesse show, a cantora resgata toda a raiz do sertão, tira do baú grandes clássicos do mestre e amigo Dominguinhos como “Gostoso Demais” e “Tenho Sede” além de outros como “Feira de Mangaio”, “Forró do Xenhenhem” e “Frevo Mulher”. Também caminha por outras vertentes da música nordestina como Baiana System, Timbalada e Lenine.
Mariana transformou grandes sucessos em arrocha, como “Eu te amo você”, da Marina Lima, e “Sintonia”, de Moraes Moreira. Nessa nova proposta traz guitarras psicodélicas, xotes de jazz e a eletricidade da bateria sem perder a alma nordestina, além de mostrar seu lado compositora em músicas inéditas, que nasceram no seu cantinho Trancoso/Caraíva.
A cantora revisita músicas do decorrer da sua carreira que remetem ao cancioneiro nordestino “Te Faço Cafuné”, “Galope Rasante”, “Onde Está Você”, “Preciso do seu Sorriso”.
Após um debut inesquecível no carnaval de São Paulo, ao lado de Gilberto Gil, Mestrinho, As Bahias e a Cozinha Mineira, a cantora promete levar o sertão e o forró mundo afora.

Um pouco sobre Felipe Cordeiro:

 

É um dos principais nomes da cena contemporânea de música do Brasil. É conhecido por fazer uma narrativa musical que mistura a tropicalidade latino americana e a música pop brasileira, assinando um estilo particular, no qual se conectam guitarra, beats e letras de canções. A sonoridade com vigor ritmico, definida como Pop Tropical, traz referências do rock, jovem guarda, guitarrada, vanguarda paulista, carimbó, cumbia e música digital. Num show pulsante apresenta um repertório com lirismo, balanço e originalidade.

Os dois álbuns lançados, o Kitsch Pop Cult (2012), produzido por André Abujamra e Se Apaixone Pela Loucura do Seu Amor (2013), dirigido por Kassin e Carlos Eduardo Miranda foram bastante elogiados pela crítica. Com o ex-titãs Arnaldo Antunes compôs “Ela É Tarja Preta”, a música “Problema Seu” foi eleita pela revista Rolling Stone Brasil a melhor canção de 2013 e sempre é cantada em coro nos shows. Também em 2013 realizou turnê na Europa, encerrando com uma apresentação no tradicional Festival de Roskilde, na Dinamarca. Em 2015 gravou a música “Virou”, feita em parceria com Tulipa Ruiz e lançada no terceiro álbum da cantora, o “Dancê”.

O pai Manoel Cordeiro é guitarrista e figura chave na banda de Felipe, sendo bastante ovacionado nos shows, sobretudo pela juventude, que o apelidou carinhosamente de “papai”. Manoel é produtor de centenas de discos da década de 70 e 80 que consolidaram o mercado de música popular dançante na região Norte, em gêneros como a lambada, o brega, carimbó elétrico, boi bumbá e a guitarrada.

Em 2017 lançou o primeiro DVD intitulado “Brea Époque”, dirigido pelo jornalista Vladimir Cunha, com patrocínio do Natura Musical. O vídeo apresenta um show ao vivo, um documentário sobre a relação do artista com Belém do Pará e o diálogo com cena atual da música brasileira. O DVD traz participações especiais de Tulipa Ruiz, Kassin, Siba e Manoel Cordeiro. Atualmente prepara o novo disco, “Transpyra”, previsto para ser lançado em 2018.

E após o show, quem assume a pista é o DJ DaviDa!


Começando tocando música brasileira para dançar, Davi fez as pistas de Caraíva nos anos 2009 á 2012, sacudirem geral até o sol raiar e todo mundo mergulhar nas águas do Rio Caraíva, nesse meio tempo começou a tocar no Galpão, da música Brasileira ele foi tendo influências musicais fortes, misturando Brasil com Hip-Hop, com black soul, com bass, com música boa para dançar, passando por vários estilos em uma noite!

– Pra ficar por dentro do que está rolando é só confirmar presença no evento clicando aqui!
– Já faz parte do nosso grupo de caronas? Se ainda não é só clicar aqui!

* Evento para maiores de 18 anos**

☛ SERVIÇO
Sábado, 28 de julho
* Aceitamos os cartões VISA e MASTER (apenas débito)
*Estacionamento em frente ao Galpão – valor único R$ 10,00

☛ PONTOS DE VENDAS:
Em Bragança Paulista: Chocolatti Nicolatti, Kalahary, Galpão Busca Vida, Cervejaria Bragantina e Cazzarola
Atibaia: Loja 775
Piracaia: Posto Gás One

☛ MAIS INFORMAÇÕES
facebook.com/nossogalpao
@galpaobuscavida

Pontos de Venda

Bragança Paulista:

Galpão Busca Vida

Kallahary

Cervejaria Bragantina

Tabacaria Central

Cazzarola
Chocollati Nicollati

Atibaia:

Loja 775

Piracaia:

Posto Gás One

*Pagamento apenas em dinheiro*